Falta de manutenção provoca aumento de 14% de avarias

Os problemas relacionados com as baterias e os pneus são o mais comum, de acordo com o RACE – Real Automóvel Clube de España.

Os dados não mentem: Aumentar o intervalo entre manutenções não compensa. Segundo o RACE, as avarias provocadas por uma manutenção desadequada aumentaram 14% em relação ao ano anterior.

Depois de analisar mais de 70.000 assistencias realizadas durante os meses de Dezembro de 2014 e Janeiro de 2015, o RACE descobriu que muitas das avarias analisados estavam diretamente relacionadas com elementos de segurança do veículo.

A agência argumenta que uma manutenção mais cuidada e frequente do poderia evitar um grande número de avarias detetadas, reduzindo não só os custos finais da reparação mas também os períodos de imobilização forçada e inesperada.

Quanto ao tipo de avaria, baterias e pneus foram os causadores da esmagadora maioria das assistências, 22.391 e 8.517, respetivamente. E aqueles cuja percentagem mais aumentoudesde o inverno anterior foram as avarias de motor (22,7%) e de motor de arranque (20,8%).

Grupo / componentes

Assistências

Dif. 2015/2014

Baterias

22.391

12%

Pneus

8.517

11,3%

Acidente rodoviário

4.749

5,7%

Motor

4.340

22,7%

Alternador

3.148

10,3%

Bomba de água

2.801

0,1%

Motor de arranque

2.090

20,8%

 

Fonte: http://www.infotaller.tv/reparacion/multimarca-y-general/las-averias-por...